Social Icons

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Archonaut - Discografia

Não existe exatamente um padrão que dite como o músico deve compôr suas músicas. Qualquer ideia pode servir como pedra angular para a construção do edifício musical: um riff, um solo, a letra de um refrão ou estrofe. Não há regra. Contudo, ao perceber que a maioria dos compositores se agarra primeiro às ideias instrumentais e só então escreve letras que se encaixam na harmonia sonora, os alemães do Archonaut decidiram fazer diferente, como poucos: escrever primeiro um conceito lírico, uma história a ser contada ao longo de todo um álbum e, aí sim, acrescentar uma instrumentação que se curve em reverência às letras e se comunique com o ouvinte na mesma sintonia das palavras.
Essa ideia fervilhou na fertilidade de suas imaginações em 2013, na cidade independente de Wuppertal, depois que os amigos Jens Kipper (vocal), Sebastian Maschuw (guitarra) e Julian Klotz (guitarra, mas inicialmente bateria) se envolveram em um projeto colaborativo que desencadeou esse tipo de proposta. Uma vez que o conceito foi traçado, nasceu o Archonaut.
O passo seguinte, claro, era buscar novos integrantes para fechar o line-up, mas isso foi realmente difícil. Ninguém se situava por muito tempo. Então, até o lançamento do primeiro álbum, houve muito vai-e-vem, desanimando o trio. Vislumbraram, então, como opção mais viável, trabalhar com membros de sessão.
Após focarem intensamente em um meticuloso trabalho de composição de canções, lançaram em janeiro de 2015, de forma independente, o primeiro álbum de estúdio, intitulado "Duchess". Com design gráfico assinado por Michael Meißner e produção por Toshi Trebess, esse trabalho combina Progressive Rock a elementos de Alternative Rock com uma sutileza capaz de tocar a alma. Também, não é pra menos: o álbum conta a história da Duquesa, uma alma flutuante que vive em uma caverna no oceano e que é tão poderosa que atrai outras almas, que se unem à ela e se tornam uma consciência única.
Em sua ânsia por compreender o mundo e o porquê de ouvir tantos pensamentos mortíferos vindos da superfície, a Duquesa embarca em uma saga onde desesperadamente tenta encontrar meios de alcançar a superfície, na esperança de que o mundo seja algo mais do que apenas água e encontrar respostas.
Envolvendo o profundo e abstrato conteúdo lírico, experienciamos uma sonoridade igualmente imersiva, onde os instrumentos e voz se comportam na intensidade que as palavras exigem. E, de fato, a atmosfera é de leveza, flutuante... Como se o peso deixasse seu corpo e tudo se tornasse profundo, longínquo, emocional.
O vocal de Jens Kipper é um grande indutor dessa sensação. É limpo, controlado, suave, como se fosse fácil ter uma voz tão lisa. Um belíssimo exemplo é a longa faixa de abertura "The Cavern of Many Beings" com seus 12 minutos e toda sua entorpecente intensidade. Minha preferida. Entretanto, suavidade não é a única característica apresentada por sua voz, uma vez que, em algumas canções como "Drowning Men", ela também é rasgada. Seu lindo vocal em frente a um instrumental reverberado, recheado de passagens em guitarra limpa e um contra-baixo bem nítido e pulsante, resultaram em um álbum maravilhoso e convidativo, viajante como o Progressive Rock deve ser. Infelizmente os solos são muito escassos. Fazem falta. Mas quando aparecem, são bons e também se comunicam com as letras e maximizam a sensação no ouvinte.
Já que, pela instabilidade na formação, resolveram permanecer oficialmente como um trio, levando-os a contar com membros de sessão na gravação do debut, naturalmente também precisariam de membros extra-oficiais para que apresentações ao vivo fossem realizadas. Por isso, atualmente contam fixamente com o baixista italiano Felice Puopolo e o baterista Chris Jordan nos palcos, fechando a formação.
Os alemães do Archonaut começaram muito bem sua discografia, sem dúvidas. São músicos experientes, com claro potencial de acumular ainda mais experiência e nos trazer trabalhos ainda superiores. "Duchess" deve ser encarado como um exímio trabalho Progressivo. Encantador!
Não deixem de curtir a página da banda no Facebook e acompanhar os próximos passos dos caras! Boa viagem com a Duquesa!

|    Official Website    |    Facebook Page    |    Bandcamp    |

SHOWS & IMPRENSA:
E-mail: archonautmusic@gmail.com
booking@archonaut-music.com

TELEFONE:
(049) 173/2786012 - Sebastian Maschuw


 Duchess (2015)

01 - The Cavern of Many Beings
02 - Drowning Men
03 - ARK
04 - Siren
05 - Promise
06 - The Last March of The Swarm
07 - Nautilus
08 - Souls Eclipse


Um comentário:

  1. Banda Primorosa, músicos MANIMAL... Logo na primeira musica,vc já vai bem longe, altamente complexo, o som faz viajar. O cd inteiro é muito classe.
    +1X VLW WOTM ... Walker, sem comentários !!!!!! Vida longa irmão, força e atitude. Obrigado.

    ResponderExcluir